31 March 2014

Booking Bordeaux

Se há site que mais me satisfaz, na procura de um hotel, é o Booking. É rápido, intuitivo, apresenta uma boa interface e é de muito fácil compreensão. Através da classificação/opinião dos hóspedes, que por lá passam, é possível ter uma perceção do ambiente do hotel. E, pela minha experiência, a pontuação global tem-se mostrado bastante fiel às condições do local.

Para a minha próxima viagem, que será já este fim de semana,  o hotel já está reservado e a leitura está a ser posta em dia! 

Mais novidades da viagem, em breve. Fiquem atentos! 
(Geoff Livingston)

28 March 2014

Aveiro - Portugal

Hoje, vou falar-vos de Aveiro. 
Aveiro, a veneza portuguesa, cidade dos moliceiros, da ria, dos ovos moles, do sal e do peixe fresco; situa-se na sub-região portuguesa do baixo vouga.
Os seus edifícios, estilo Arte Noveaux, e a sua qualidade de vida combinada com uma favorável mobilidade urbana conferem-lhe o título de um dos destinos mais aprazíveis de Portugal.
Mas, vamos lá ao que interessa:

O que visitar?
- Museu de Aveiro.
- Sé de Aveiro.
- Não deixe de passar pela Universidade de Aveiro e visitar a biblioteca da autoria de Siza Vieira.
- Visite a antiga Fábrica Campos, hoje em dia, centro cultural de congressos.

O que fazer?
- Dar uma volta na ria, de moliceiro  (barco originalmente utilizado para a apanha do moliço e nos dias de hoje utilizado, sobretudo, para fins turísticos).
- Dar uma volta pela cidade de BUGA (bicicletas do município).

Onde comer?
- Vá até à Praça do Peixe, local que abriga o Mercado de Peixe, e lá encontrará inúmeros restaurantes com peixe fresco.
- Prove os tradicionais ovos moles, num café tradicional. Encontrará muito voltados para a ria.
- Se não gostar de ovos moles, prove uma bolacha americana ou uma tripa de Aveiro. Não se vai arrepender!
- Vá tomar um chá à casa de Chá Museu Arte Nova, e deixe-se transportar no tempo, pela surpreendente decoração da belle époque. 

Se, ainda, for a Ílhavo, não deixe de visitar o museu da Vista Alegre, conhecer o farol da praia da Barra, dar um passeio pela Costa Nova e comer um pastel de nata no Café Atlântida.










É um cenário caprichoso para passar um óptimo fim de semana. E o fim de semana está mesmo aí, do que está à espera? Aproveite!




26 March 2014

Notícia de última hora

A Viagem Doce Viagem já está no Instagram. Estão todos convidados a seguirem.
Para tal, basta acederem aqui.


Veneza em Vaporetto

Há cinco anos, eu estudante, fui passar um dia a Veneza. Confesso que, devido ao número de horas limitadas que lá estive, não tive oportunidade de visitar o interior de muitos locais. 
Visitei a Basílica gótica de São Marcos, situada na praça de mesmo nome. A praça de São Marcos é a maior praça de Veneza, o ponto de encontro da cidade.
Vi a Escola Grande de São Rocco, o Palácio Ducal, a Torre do Relógio; deambulei  pelas ruas e atravessei canais,  desfrutei dos mercados e das lojas locais. 
Não me olvidei de tirar uma foto na Ponte do Rialto, uma das mais famosas de Veneza e o ícone da cidade.
Não andei numa gôndola, porque 70€ por uma volta de 30 minutos era um preço que, na altura, não estava disposta a pagar. O transporte foi feito sobretudo pelos vaporettos, o  transporte aquático da cidade. 
Ficam umas imagens, para recordar:























25 March 2014

Salada Grega

Resolvi dar início a uma rubrica semanal, de seu nome "Acepipe Estrangeiro". Não é mais do que,  comida típica dos vários locais por onde passo. O que acham?

Para iniciar, começo com uma salada tradicional grega, de nome salada grega. É uma salada leve que pode ser consumida como acompanhamento, mas também como prato principal em dias de calor. 



Salada Grega  

Ingredientes para 4 pessoas:

3 colheres de sopa de azeite de oliva extra- virgem
1 ½ colher de sopa de sumo de limão
1 dente de alho picado 
½ colher de chá de oregãos
¼ colher de chá de sal marinho
¼ colher de chá de pimenta preta moída e extra para decorar
3 tomates, cortados em fatias
¼ cebola vermelha, cortada em rodelas
½ pepino, cortado em meias luas grossas
½ pimentão verde, cortado em fatias finas
120g de queijo feta, inteiro ou se preferir cortado em cubos pequenos
16 azeitonas

Preparação:

1.Coloque o azeite de oliva, sumo de limão, alho, sal, a pimenta e os orégãos num pequeno frasco com uma tampa de rosca. Agite para misturar. 

2.Coloque os ingredientes da salada numa tigela grande. 

3.Despeje o molho sobre a salada.

4.Por fim, antes de servir misture tudo delicadamente e decore a salada com um pouco de pimenta moída.

Bom apetite!

24 March 2014

Grécia

Para contradizer estes dias cinzentos e chuvosos; um cheirinho a verão e ao bom tempo, sabe sempre bem.














21 March 2014

Paris #2 Os macarons

Adoro Paris e tudo a que a ela concerne!
Hoje vi, assim só por acaso, uma foto dos macarons da Ladurée e fiquei logo a salivar. Para quem não sabe, a Ladurée é uma das casas mais antigas de fabricação de macarons, de Paris. 
Em Portugal, sempre que olhava para uma vitrina de pastelaria e via os macarons, achava os bolinhos mais sem graça - uma bomba de manteiga aliada a um toquezinho de corante.
Pois é, meus amigos, mas desde que os provei em Paris, não quero outra coisa. E o pior de tudo, é que ainda não consegui encontrar a perfeição, assim como quem não quer a coisa, uns iguaizinhos aos super-maxi-perfeitíssimos macarons de Ladurée. 
Já andei à procura de receitas - sim, porque se eles querem fugir de mim, ai meus meninos, vou pôr mãos na massa- e já encontrei a receita do livro Ladurée, mas temo que se me aventurar qualquer coisa não vai sair bem (digamos que não são um Ás nas cozinhas). Sei que teria que fazer algumas adaptações, pois a receita não é dos de choco, sim os de chocolatinho, porque cá neste corpo só entra made of chocolate, não há hipótese, o que não for de chocolate não vai entrar!
Mas, voltando ao método de fabrico dos ditos cujo, e se não correr bem? Vou a correr até à primeira pastelaria que vende macarons, desafogar as magoas, e depois? Vou ficar ainda mais frustada, porque engordei uns quilos por uns macarons que secalhar não valeram a pena, pois não eram os TAIS!



         (http://s3.amazonaws.com/everystockphoto/fspid30/19/38/37/7/paris-france-leweb-1938377-o.jpg)


É melhor terminar com este post, porque já estou a aguar :)

20 March 2014

Dilema Dilema... Praga, Viena e/ou Budapeste?

Dilema é a palavra do dia de hoje.
No Verão vou fazer uma viagem a londres, com o meu mais que tudo (será tema para outro post); e estando lá, e uma vez que quase meio mundo vai ter a londres e as viagens a partir de lá são baratuxas, queremos ir dar duas voltinhas a outra cidade.
Pensamos em Praga, ou melhor, pensei (que o senhor cá de casa não mexe uma palha no que concerne a organização, planear e toda a logistica envolvente).
Mas estando em Praga, não vamos a Viena? Viena, cidade tão majestosa, é alí ao lado, vá lá vamos... mas, e depois? Estando em Viena não é um pouco 'weird' não dar um pulo a Budapeste?! 
Opahh, era óptimo poder combinar tudo, mas o orçamento começa a ficar apertado... E o pior de tudo, é termos que passar por Bruxelas para voltar. Não é que não me importasse de ficar uns dias por lá, mas nesta altura nãooo...

Eu sei que ainda faltam uns mesitos mas, como uma boa mulher que sou, já estou a planear a viagem e hoje estou consumida com o que fazer, qual das três vou abdicar, se ir às três e optar por visitas mais curtas se por visitas mais longas e ir só a duas ou uma. E quanto à viagem de regresso, ando a ver viagens económicas por Paris, que não exijam estadia de um dia.

Deixo aqui uma amostra do meu 'hard work', ufah.


Se quiserem deixar o vosso parecer, sejam bem-vindos! Enqunto isso, vou estando por aqui a achar uma solução!

19 March 2014

Paris #1

Paris - capital de França, coração da Europa - considerada, por muitos, uma das cidades mais bonita do mundo; por outros, apenas um misto de culturas e um desvanecer da essência parisiense dia-após-dia.

Cidade de Napoleão, da Monalisa, de Victor Hugo, Haussman e Monêt, de Amélie Poulan, do gótico puro e das gárgulas, das misteriosas catacumbas, das altas grifs, des mille feuilles et des macaroons...

Nos próximos capitulos irei falar-vos da minha experiência em Paris, o que vale a pena visitarem, consoante o número de dias que querem ficar.


Oui, ça c'est Paris!


Lisboa #1

Lisboa - capital de Portugal - com influências árabes, controlada pelos mouros por mais de 400 anos, centro de comércio e descobrimentos, é uma das mais antigas cidades Europeias e a mais amável.


Cidade do Tejo, de Fernando Pessoa e Camões,

do Fado, da Expo'98, dos bairros emblemáticos e populares, do estilo manuelino e dos pasteis de nata também conhecidos como de Belém... 



A Grande Maça #1

Nova Iorque -  localizada num dos 50 estados da América, na região metropolitana de Nova Iorque - é uma das cidades com a história mais curta de sempre, apesar de ter sido explorada pela primeira vez há 500 anos, a sua construção esteve na mãos dos holandeses apenas 100 anos depois; foi considerada uma cidade foco de vários ciclos de emigração tornando-a numa "salada cultural".

Cidade da Times Square, 5ª Avenida, do Central Park e Empire State Building, do betão e da moda, do "Sexo e a Cidade", da Brodway e do Wall Street, das pizzas, hamburgers e cachorros quentes...
É um sítio que está no meu rol de cidades a visitar, esperando um 'check' para breve.

Αθήνα (Atina) #1

Atenas (Atina) - capital da Grécia, cidade da guerra e sabedoria - é umas das cidades mais antigas do mundo e foi o principal centro cultural e intelectual do Ocidente há 500-300 a.c.; hoje em dia está superpopulada e dessa população fazem parte imigrantes ilegais.





Cidade de Platão e Socrátes, das casas brancas e das ruínas, das manifestações, da Acrópole e das tabernas, das praças Omonia e Sintagma, dos deuses e dos jogos olímpicos, dos frappés e da pitta gyiró...


Αυτή είναι η Αθήνα!
(This is Athens!/Isto é Atenas!)