30 November 2015

DUTCH FOOD #2 - STROOPWAFELS

One of my favorite sweets is the dutch wafle, named stroopwafel.
By now you know that I’m sweet toothed, although I don’t appreciate much refined sugar. If I have to choose, I always prefer chocolate cakes instead of those with creams and with added sugars, but the stroopwafels found a soft spot in my heart and conquered it <3. I tried several ones: some sweeter, and others I could felt like I was biting raw sugar (because the syrup wasn’t on the perfect point). Take a bite on a properly made stroopwafle and you will like you are in the heaven! They are soft and you don’t “feel the sugar”, just the taste of cinnamon and syrup.
But ‘What is a stroopwafel?’
A stroopwafel in dutch means  “waffle with a syrup”. It is composed by two thin layers of baked dough with syrup filling in the middle. The stiff dough for the waffles is made from flourbutterbrown sugaryeastmilk and eggs. Medium-sized balls of dough are put into a heated waffle iron and pressed into the required uniformly thin, round shape. After the waffle has been baked, and while it's still warm, it’s split into thin layered halves and filled with caramel syrup (made of brown sugar, butter, and cinnamon) spread between the waffle halves and then “glued” together.
The stroopwafel was born in Gouda, the Netherlands
You can find them in all supermarkets, and they are the national sweet; not the only one, but one of the best. You can eat them fresh and still warm at some market tents during the city days.
They somewhat remind me of Belgas, which were cookies that I ate when I was a child, but in The Netherlands they add the syrup and cinnamon, and make them warm.I hope you enjoy them as much as I do. In the meantime you just look at me eating them ;)
Um dos meus doces favoritos é a wafle holandesa, de nome stroopwafel.
Até agora, já percebeu que sou uma gulosa assumida, embora não aprecie muito o açúcar refinado. Se tiver que escolher, prefiro sempre bolos de chocolate em vez daqueles com cremes e com adição de açúcares, mas as stroopwafels encontraram um cantinho no meu coração <3. Já experimentei várias: algumas mais doces, outras em que pude sentir o açúcar enquanto trincava (porque o xarope não estava no ponto perfeito). Uma mordida numa stroopwafle perfeita faz com que se sinta no céu! 
Mas "O que é um stroopwafel?"
A stroopwafel em holandês significa "waffle com xarope". É composta por duas camadas finas de massa cozida com xarope no meio. A massa dos waffles é feita de farinha, manteiga, açúcar mascavado, fermento, leite e ovos. Uma bola de massa, de tamanho médio, é colocada numa waffle de ferro aquecida e pressiona-se uniformemente até se tornar fina e redonda. Após a cozedura e enquanto ainda está quente divide-se em duas metades, de uma fina expessura, e barra-se com um xarope de caramelo (feito de açúcar mascavado, manteiga e canela) e, em seguida "colam-se" as duas partes.
As stroopwafels nasceram em Gouda, nos Países Baixos.
Pode encontrá-las em todos os supermercados, estas são um doce nacional; não o único, mas um dos melhores. Pode comê-las frescas e quentes em algumas tendas nos mercados da cidade.
Lembram-me um pouco as famosas bolachas Belgas, que comia quando era criança, mas estas têm uma calda de açúcar e canela, e podem ser comidas quentes. 
Espero que goste tanto delas como eu. Entretanto, pode olhar para mim a comer uma;)

Gouda stroopwafels stall at Markthal Rotterdam, in Rotterdam
Tenda das stroopwafels de Gouda no Mercado de Roterdão, em Roterdão


 Woman making fresh and warm stroopwafels and stroopwafel packages to take home
Srª a fazer stroopwafels quentes e frescas; e pacotes de stroopwafels para levar para casa.


Viagem Doce Viagem is currently in The Netherlands, November 2015.
Viagem Doce Viagem está, atualmente, nos Países Baixos, Novembro de 2015.

27 November 2015

GRONINGEN RESTAURANT #1 - FEEL GOOD



One of my first meals in Groningen was a big bowl of salad and a juice to go with it. After travelling for a full day and eating all the junk food that one is exposed to, I really wanted something fresh. I decided to go to the Feel Good restaurant. I based my choice on tripadvisor reviews.
I ordered the "Leaping Frog" salad for 9.50€; it was a colorful salad of roasted chickpeas seasoned with baharat herbs, pecan walnuts, peppers, sundried tomato and sweet potato. For drinking I took a juice of beetroot, ginger, and carrot, for a price of 5€.
The meal was simple but really flavored, and most of it healthy and nutritious; also a meatless meal. Worth it! And only for 14.50€. 
If you are in Groningen, take a chance; if not, try to make these healthy dishes at home (for more salads/smoothies/juices you can visit their site).
Uma das minhas primeiras refeições em Groningen foi uma grande tigela de salada e um sumo. Apetecia-me algo fresco, depois de um dia de viagem e de comida embalada.
Decidi ir ao restaurante Feel Good. A minha escolha foi baseada nos comentários do TripAdvisor.
Pedi a salada "Rã saltante", por 9,50€, uma salada colorida de grão de bico assado, ervas, nozes pecan, pimento, tomate desidratado e batata-doce. Juntamente com um sumo de beterraba, gengibre e cenoura, por um custo de 5€.
O almoço foi simples mas saboroso, e acima de tudo saudável e nutritivo, uma refeição sem carne. Vale(u) a pena! E por apenas 14,50 €.
Se você estiver em Groningen visite, caso contrário aproveite para fazer em casa este menu (mais opções de saladas/batidos/sumos no site do restaurante).



Viagem Doce Viagem ate at Feel Good in November 2015, and this is just her opinion.
Viagem Doce Viagem almoçou no Feel Good em Novembro de 2015, e esta é, apenas, a sua opinião.

25 November 2015

DUTCH FOOD #1 - ONTBIJTKOEK


In dutch, Ontbijtkoek means breakfast cake, also called kruidkoek (spicy cake) or even peperkoek (pepper cake). It is a dutch spiced cake very popular in the Netherlands. Communities across the Netherlands have their own local recipes of this cake, being “the Oudewijvenkoek” (old wives' cake) the most famous. It is mostly eaten in the northern regions, and is flavored with aniseed.
The Ontbijtkoek is made with rye - giving it its characteristic brown color-, spices, as cinnamon, ginger, cloves, and nutmeg, and sweetened with honey, melass, and sugar (which make up to 50% of the total ingredients). The use of rye and honey points towards medieval origins, although the spices were only introduced on the late middle ages. There are many modern variations, which add refined wheat flour, using sugar instead of honey, or adding butter and/or milk.
Ontbijtkoek is traditionally served at breakfast with a thick layer of butter on top, as a replacement for bread. However, due to its sweet taste it is also served as a snack.
The mixture of spices gives it a special touch. I love it! But be careful, remember that if you want to eat a slice you will need to workout after, it is too sweet and caloric! :p
Em holandês, Ontbijtkoek significa o bolo do pequeno-almoço, também chamado kruidkoek (bolo de especiarias) ou mesmo peperkoek (bolo de pimenta). É um bolo holandês muito popular na Holanda. Várias partes dos Países Baixos têm a sua própria receita local, o mais famoso é o Oudewijvenkoek (o bolo das esposas) que, em grande parte, é consumido nas regiões do norte e é aromatizado com anis.
É feito com centeio - o ingrediente mais importante que lhe dá a cor castanha -, especiarias como canela, gengibre, cravo e noz-moscada, e adocicado com mel , açúcar e melaço (50% dos ingredientes totais). A utilização de farinha de centeio e mel indica origens medievais, embora as especiarias só começaram a ser introduzidas no final da idade média. Existem algumas variações modernas  onde se adiciona farinha de trigo refinado, faz-se uso de açúcar em vez de mel, e junta-se manteiga e/ou leite .
Ontbijtkoek é tradicionalmente servido ao pequeno-almoço com uma grossa camada de manteiga por cima, como um substítuto para o pão. No entanto, devido ao seu sabor doce, também se come ao lanche.
A mistura das especiarias dá-lhe um toque particular. Eu fiquei fã. Mas tenha cuidado, lembre-se que se quiser comer uma fatia vai ter que ir dar uma volta de bicicleta depois, pois é demasiado doce e calórico! :p

Viagem Doce Viagem is currently in The Netherlands, November 2015.
Viagem Doce Viagem está, atualmente, nos Países Baixos.

23 November 2015

GRONINGEN - Intro



Bicycle jam is an unusual concept if you are coming from a latin country. Here in Groningen things are quite different. Groningen is one of the best cities in the world to own and ride a bicycle; remarkably, 57% of all transportation within the city is done by bike. 
Located in the north of Netherlands, 2 hours away from Amsterdam by intercity train, it is a peaceful place to live, with good amenities, pleasant people, and clean air.
I'm visiting this city; and I'm writing this post while outside Winter is no longer coming; it’s everywhere. Although it rains a lot, it’s not intense, and frequently stops for periods of 15 mins, which gives those who ride the time to go between places.
These days the sunrise is at 8.15 am and the sunset takes place before 4.30 pm, which gives to the sun only a few hours to show his gracefulness. The daylight will decrease in the next weeks, but don’t let your self be fooled by the darkness falling over the city: it’s a vibrant cultural center! Working days finish at 5 pm and they dine around 6 pm. Afterwards the inhabitants choose to enjoy a late night session at their favorite bars. Surprisingly, it’s the dutch city with more bars and coffees per person, offering as well high quality restaurants with gastronomies from all over the world.
The city policy is to promote live performances; bars are granted the possibility of staying open till 6 am if they allow artists to play; if not, they will have to close at 2 am! For this reason Groningen is one of the most active cities in the world regarding music! But not only! Groningen is also a city of art. There are frequent expositions at the museums of local artists. In fact, before the second world war, Groningen was a city with a strong Jewish community, living of trade and business, with powerful families having extensive collections. Funnily enough, Groningen is mocked to be the “trash collectors” of the Netherlands, as it actively seeks and trades art in its many forms. It has around 200.000 inhabitants, and a quarter of them are students, being the youngest city of Netherlands. Why do students from all over the world flock into this city? Because it has one of the best universities in the world (ranked 74th, according to The Times Higher Education World University Rankings 2015-2016).
Trânsito de bicicletas é um conceito incomum nos países latinos. Aqui, em Groningen, as coisas são bem diferentes. Groningen é uma das melhores cidades do mundo para andar de bicicleta; notavelmente, 57% de todo o transporte na cidade é feito de bicicleta.
Localizada no norte dos Países Baixos, encontra-se a 2 horas e pouco, de comboio intercidades, desde Amsterdão. É um lugar tranquilo para viver, com boas infra-estruturas, óptimos serviços, pessoas agradáveis ​​e um ar limpíssimo.
Estou a visitar esta cidade e enquanto escrevo este post, lá fora o inverno não dá tréguas. Embora chova muito, a chuva não é intensa e pára com frequência por períodos médios de 15 minutos, o que facilita o uso da bicicleta.
Nestes dias, o nascer do sol acontece por volta das 8:15 horas e o pôr do sol ocorre antes de 16:30, o que dá ao sol apenas algumas horas para mostrar a sua graciosidade. A luz do dia vai diminuir nas próximas semanas, mas não  se deixe enganar pela escuridão que cai sobre a cidade: esta é um centro cultural vibrante! 
O horário laboral termina às 17:00 e o jantar é servido por volta das 18:00. Depois, os habitantes podem relaxar em um dos seus bares favoritos. Surpreendentemente, é a cidade holandesa com mais bares e cafés por pessoa, oferecendo restaurantes de alta qualidade e gastronomias de todo o mundo.
A política da cidade visa promover espectáculos ao vivo;  os bares têm a possibilidade de permanecerem abertos até às 6 horas da manhã se possuirem performances musicais ao vivo; caso contrário, o estabelecimento tem de fechar às duas horas da manhã! Por esta razão, Groningen é uma das cidades mais ativas do mundo, no que concerne à música! Mas não só! Groningen é também uma cidade de arte. Há exposições frequentes de artistas locais. Na verdade, antes da segunda guerra mundial, Groningen era uma cidade com uma forte comunidade judaica, que vivia do comércio e dos negócios, com famílias poderosas com extensas coleções artísticas. 
Tem cerca de 200.000 habitantes, e um quarto deles são estudantes, sendo a cidade mais jovem da Holanda. A cidade tem uma buliçosa reputação, pois é casa de uma das melhores universidades do mundo (localizada na posição 74, de acordo com o The Times Higher Education Mundial University Rankings 2015-2016).

Viagem Doce Viagem is currently in The Netherlands, November 2015.
Viagem Doce Viagem está, atualmente, nos Países Baixos, Novembro de 2015.